Atracções turísticas de Guimarães em 1943



[Com Nuno Saavedra]
O número 17 da Panorama – Revista Portuguesa de Arte e Turismo, publicação do Secretariado de Propaganda Nacional inclui algumas peças sobre Guimarães. Inclui o boletim bimensal Turismo, com uma lista de pontos de maior interesse de Guimarães, que é muito interessante, tanto pelo que dela consta, como do que dela não consta (dou um exemplo: indica os monumentos a Martins Sarmento e a João Franco, mas ignora o monumento a Afonso Henriques). Não é rigorosa, antes pelo contrário, na datação da maior parte dos edifícios que indica, e chama a Colegiada de Nossa Senhora da... Oliveirinha. Apesar da falta de rigor, é um documento muito interessante para se perceber quais eram, para a propaganda oficial, as principais atracções turísticas de Guimarães há três quartos de século. Algumas delas, já não o são hoje.

Aqui fica.


O que temos em Guimarães de maior interesse

CAPELAS, CONVENTOS E IGREJAS
Basílica dc S. Pedro (séc. XIX).
Capela de Santa Cruz (séc. XVII).
Capela de S. Miguel do Castelo (séc. XII).
Capela de Santa Luzia (séc. XVI).
Capela de Nossa Senhora da Conceição (séc. XVIII).
Capela de S. Francisco (séc. XVIII).
Colegiada e igreja de Nossa Senhora da Oliveirinha (séc. X).
Convento das Capuchinhas (séc. XVIII).
Convento de Santa Clara (séc. XVIII).
Igreja dos Santos Passos (séc. XVII).
Igreja dos Capuchos (séc. XVII).
Igreja do Carmo (séc. XVII).
Igreja de S. Dâmaso (séc. XVII)
Igreja das Dominicas (séc. XVI) rico interior em talha e azulejo.
Igreja de S. Domingos (gótico, séc. XIV).
Igreja da Misericórdia (séc. XVI).
Igreja e Mosteiro de Santa Marinha da Costa (séc. XII), na encosta fronteira ao castelo, no caminho para o Alto da Penha.
Ermida de S. Roque, no caminho da Penha.

HOIS, PENSÕES E RESTAURANTES
Hotel do Toural.
Hotel da Penha (no local da Penha, a 6 km. da cidade).
Estalagem de Guimarães.
Pensão Império.

PALÁCIOS CASTELOS E MONUMENTOS
Castelo de Guimarães (séc. XII).
Paço dos Duques de Bragança e Guimarães (séc. XV).
Cruzeiro gótico de S. Francisco (séc. XV).
Cruzeiro Manuelino (séc. XVI).
Cruzeiro dos Pombais (séc. XVI).
Monumento a Martins Sarmento (séc. XX).
Monumento ao Conselheiro João Franco (séc. XX).
Padrão comemorativo da Batalha do Salado (séc. XIV).
Antigo edifício dos Paços do Conselho (séc. XVI) monumento nacional. Serve actualmente de Arquivo Municipal.
Casa das Hortas (séc. XVIII).

TERMAS
Caldas das Taipas—a 7,5 km. da cidade. Águas sulfúreas sódicas.
Termas de Vizela — a 9,5 km. da cidade. Águas sulfúreas sódicas, muito rádio-activas pelo rádon.
(Indicadas para doenças do aparelho respiratório e da pele, reumatismo e sífilis).

INDÚSTRIAS REGIONAIS, COZINHA E DOÇARIA
Bordados de Guimarães, em linho e em algodão.
Diversos artigos, manipulados em palha (Vizela).
Colheres de pau (Vizela).
Cozinha Minhota.

Tortas
Toucinho do Céu
Douradinhas
Sardinhas de doce



Guimarães


MUSEUS E BIBLIOTECAS
Museu Regional Alberto Sampaio (instalado nos claustros e dependências da Colegiada da Oliveirinha), no Largo da Oliveirinha. — Contém uma importante colecção de arquitectura, escultura, pintura, couros de Córdova, esmaltes, mobiliário, ourivesaria, tecidos bordados e obras em talha.
Museu da Sociedade Martins Sarmento, instalado em edifício cuja fachada é de estilo bizantino moderno, com pintura “a fresco”. — Possui notáveis colecções de arqueologia monumental, epigrafia, numismática, cerâmica, gravuras, e uma Biblioteca de mais de quarenta mil volumes. Tem à sua guarda a conservação das importantes estações arqueológicas da Citânia e Sabroso.

FESTAS E ROMARIAS
Romaria de S. Torcato (a 7 km. da cidade).
Romaria de Santa Marta das Cortiças, em 29 de Julho, na Serra da Falperra (a 16,5 km. passando pelas Caldas das Taipas).
Romaria de S. Gualter, no 1.º de Agosto, na cidade (dura 3 dias).
Romaria de S. Mateus, no último domingo de Setembro, na freguesia de Gonça.
Peregrinação anual a Nossa Senhora do Carmo da Penha, no 1.º domingo de Setembro, no local da Penha.
Romaria de S. Bento, em 11 de Julho, em Vizela, no monte de S. Bento (471 m. de altitude).

DIVERSOS
Chafariz, em frente da igreja do Carmo (Renascença).
Rua de Santa Maria (séc. XIII).
Casa do Arco (na Rua de Santa Maria).
Muralha trecentista.
Casa das Rótulas, na Rua Francisco Agra (séc. XV).
Campo do Salvador (antigo de S. Mamede, onde cm 1128 se travou a batalha entre D. Afonso Henriques e sua mãe D. Teresa).
Jardim Público (séc. XX). Taça com escultura Pequeno fauno.
Casa da Cantonha, construção regional, na Costa, frente à cidade.

TRANSPORTES
Por caminho de ferro: Companhia dos Caminhos de Ferro do Norte de Portugal. Linha do Porto a Fafe (estação da Trindade).
Caminhetas: do Porto: Auto-Mondinense, Lda. (Garagem Galiza) e João Ferreira Neves (Garagem de “O Comércio do Pôrto”),
De Guimarães para Caldas das Taipas até Braga: Magalhães, Irmão & C.ª
De Guimarães para Felgueiras, Porto e Póvoa de Varzim: João Ferreira das Neves (Garagem no Largo do Toural, 127).
De Guimarães para Fafe: João Carlos Soares.



Alguns arredores de Guimarães

CALDAS DAS TAIPAS
A Ara de Trajano
Ponte Romana
Citânia de Briteiros (estação arqueológica luso-romana)
Castro de Sabroso (estação arqueológica pré-romana)

Hotel das Termas
Pensão Vilas

TRANSPORTES
Carreiras de caminhetas:
João Ferreira Neves
Magalhães, Irmão & C.ª

Campismo
Caça
Pesca
Praia fluvial

S. TORCATO
Santuário de S. Torcato
estilo romano-gótico (séc. XIX)
Capela da Madre de Deus
Igreja do Mosteiro de S. Torcato
(um pouco adiante do Santuário)

Romaria de S. Torcato
no 1.° domingo de Julho
(uma das mais concorridas no norte do país).

TRANSPORTES
Carreiras de caminhetas:
João Carlos Soares

CALDAS DE VIZELA
Ponte romana
(conhecida pela “Ponte Velha”)
Cruzeiro e frontaria da Igreja de Santo Adrião.
Convento de Vilarinho

Pão-de-ló coberto e vária doçaria regional

Romaria de S. Bento
em 11 de Julho, no Monte de S. Bento a 47m. de altitude.

Hotel Cruzeiro do Sul
Hotel Sul Americano
Hotel Universal
Várias pensões

TRANSPORTES
Carreiras de caminhetas:
Oliveira Fernandes & Ribeiro, Lda.
Caminho de Ferro:
Estação de Vizela

LOCAL DA PENHA
A 6 km. de Guimarães (617 m. de altitude).
Estância de repouso, com santuário e conjunto de rochas e grutas, numa das quais se venera a imagem de Nossa Senhora do Carmo.
Noutra, formada por dois penedos colossais, está a de Nossa Senhora de Lourdes.
No planalto sobranceiro, há o monumento a Pio IX, dominando o vastíssimo panorama, em que se avistam as terras de Arga, do Sameiro, do Barroso, Amarela, do Marão, do Gerez e de Valongo, o Monte Córdova e a Franqueira, etc.
Esculpido numa rocha está o monumento em homenagem a Gago Coutinho e Sacadura Cabral.

Panorama – Revista Portuguesa de Arte e Turismo, edição do Secretariado de Propaganda Nacional, Volume 3.º, n.º 17, Outubro, 1943

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.