6 de agosto de 2013

Efeméride do dia: Cavalinhos


6 de Agosto de 1837
1.º Domingo. Houve nesta vila a antiquíssima feira de S. Gualter, apesar do estado anárquico em que se achava o reino, havendo bastante concorrência de bestas e apresentando Mr. Avrillon, que já há tempos estava nesta vila, a sua grande companhia de espectáculos de cavalinhos, danças de corda e forças, etc. Esta companhia era uma das mais brilhantes que tinham aparecido nesta vila, não só pelo grande número de cavalos e de pessoas que se compunha, mas também pelo muito bem que trabalhava Mr. Avrillon, o qual não deixou de causar admiração a todos aqueles que o viram trabalhar. Esta companhia trabalhou em um teatro de madeira que M. Avrillon mandou fazer entre a ponte do Campo da Feira e o teatro. Esta mesma companhia já tinha feito alguns espectáculos no terreiro dos Quartéis. PL.
(João Lopes de Faria, Efemérides Vimaranenses, manuscrito da Biblioteca da Sociedade Martins Sarmento, vol. III, p. 126)

O dia maior da feira de S. Gualter, criada em 1452 por D. Afonso V, coincidia com o primeiro Domingo de Agosto. Além da feira de gado, havia divertimento para o povo, como corridas de touros, comédias e espectáculos de saltimbancos e outros artistas que andavam e terra em terra. No século XIX, vão aparecendo companhias estrangeiras, com espectáculos de cavalinhos, malabarismos e pantomimas.
Temos notícia, através do Cónego Pereira Lopes, duma companhia espanhola que, no dia 14 de Dezembro de 1834, deu um espectáculo de cavalinhos no convento de S. Francisco, tendo andado antes do divertimento pelas ruas bem vestidos e montados, tocando uma música assaz singela. No dia 2 de Fevereiro do ano seguinte, para assinalar a chegada a Portugal do consorte da Rainha D. Maria, houve festas em Guimarães, que contaram com uma grande função de cavalinhos no toural, por uma companhia que há tempos aqui se achava, a qual foi de graça e juntou muito povo. Pelas festas a S. Gualter desse ano, actuou em Guimarães, nos dias 1 e 2 de Agosto, uma companhia de cavalinhos, com pouca adesão do público, retirando-se logo para o Porto.
Mr. Avrillon granjeara sucessivos sucessos em Lisboa, onde inaugurara, em 1835, o Circo Olímpico do Poço Novo, com exibições do homem incombustível, de bailes de andas, de boleros, dos hércules, dos cavalinhos e das pantomimas napoleónicas e de outras habilidades. No ano de 1841, temos notícia de que no Circo Olímpico de Mr. Avrillon o público admirava o Homem Elástico, o equilibrista português Manuel Martins, a famosa égua cordovesa e o cavalo Colibri, outro artista nacional, António de Almeida, e os bailes da señorita Dolores. O dia 14 de de Janeiro de 1831, a sua companhia começou a actuar no teatro de Vila Pouca, com danças de corda e outras muitas coisas de muito merecimento. Segundo Pereira Lopes, Mr. Avillon tinha estado na cidade do Porto, tendo ali muita aceitação aonde tinha também uma grande Companhia de Cavalinhos, que não trouxe para esta vila, mas os mandou para Braga para onde havia de partir depois das actuações em Guimarães.
No dia 26 de Maio de 1837, a companhia de cavalinhos de Mr. Avrillon chegaria a Guimarães, onde se instalaria por alguns meses. Começou por apresentar dois espectáculos no terreiro dos Quarteis (Paço dos Duques) os quais mereceram a admiração do público. No entanto, não cumpriria a promessa de mais, por motivo de doença do seu empresário e principal artista.
No primeiro domingo de Agosto de 1837, num teatro de madeira erguido para esse fim no Campo da Feira, nas imediações da ponte e do Teatro de Vila Pouca, exibiu-se a grande companhia de espectáculos de cavalinhos, danças de corda e forças de Mr. Avrillon, uma das mais brilhantes que tinham aparecido nesta vila, não só pelo grande número de cavalos e de pessoas que se compunha, mas também pelo muito bem que trabalhava Mr. Avrillon, o qual não deixou de causar admiração a todos aqueles que o viram trabalhar.

Nos anos que se seguiram até o final do século XIX, as companhias de cavalinhos continuariam a ser visitas frequentes em Guimarães.
Partilhar:

0 comentários: