29 de abril de 2013

Efeméride do dia: Carta ao arcebispo de Braga de um D. Prior da Colegiada "abraguesado, cagarola e engraxador"


A igreja da Colegiada de Guimarães numa fotografia do primeiro quartel do séc. XX.

29 de Abril de 1705
O D. Prior de Guimarães, D. Pedro de Sousa, escreve ao Arcebispo, D. Rodrigo de Moura Teles, dizendo lhe mandava o seu vigário geral para individualmente lhe relatar o procedimento da Câmara e do Cabido sobre o recebimento dele Arcebispo nesta vila, o qual seria como o dos antecessores “não obstante os seus rogos e insinuações para que se vote a barra mais adiante, porém, estes homens pegam-se à posse, e neste particular são inflexíveis”. Também lhe dá conta que os D. Priores antecessores não havia exemplo que assistissem na vila, quando a ela vinham arcebispos, “mas ele, que se prezava mais de ser Seu capelão que do lugar que ocupava, faria o que Ele mandasse.” - Este D. Prior era todo abraguesado, cagarola e engraxador.
(João Lopes de Faria, Efemérides Vimaranenses, manuscrito da Biblioteca da Sociedade Martins Sarmento, vol. II, p. 77 v.)

As relações entre Guimarães e Braga foram sempre apimentadas por um conflito, muitas vezes latente, outras tantas manifesto, cujas raízes mergulham na Idade Média, estando inicialmente relacionada na rebeldia do clero vimaranense em submeter-se à autoridade do arcebispo de Braga. Daí que, pela sua repetição, não sejam notícias de particular relevância as que, ao longo dos séculos, dão conta de manifestações de insubmissão do clero vimaranense. O mesmo não se dirá de actos e de omissões que vão em sentido contrário, por serem mais inusitados. Está neste caso a carta que D. Pedro de Sousa, Prior de Guimarães, escreveu ao arcebispo em 29 de Abril de 1705, testemunhando-lhe de vassalagem pessoal. Os adjectivos que o muito piedoso vimaranense João Lopes de Faria usou para classificar aquele titular da Colegiada de Guimarães, aveirense de nascimento, falam por si da animosidade que, passados dois séculos, ainda persistia contra ele na memória vimaranense: abraguesado, cagarola e engraxador.
Partilhar:

2 comentários:

Fábio Fleck disse...

Excelente Blog!!!! Já me inscrevi. Aproveito para convidar para acessar meu Blog, o: http://www.filosofiahoje.com/ Sobre: Filosofia,Política e discussão em geral. Abraço!

Antonio Amaro das Neves disse...

Obrigado. Passarei por lá!