22 de setembro de 2015

Aqui nasceu o Vitória Sport Club

A Chapelaria Macedo, onde em 1922 nasceu o Vitória Sport Clube, situava-se no local assinalado, correspondente às duas primeiras portas do actual Café Milenário.

As fontes e os testemunhos disponíveis não deixam margens para grandes dúvidas quanto ao local de nascimento do Vitória Sport Clube. O clube foi fundado na loja do seu primeiro presidente, António Macedo Guimarães, a Chapelaria Macedo, com porta aberta em parte do edifício actualmente ocupado pelo Café Milenário, ali bem perto da Torre da Alfândega, onde está afixada a inscrição “Aqui nasceu Portugal”. Já quanto à data, a situação é mais problemática. Não se ignora que está oficialmente assumido o dia 22 de Setembro de 1922, mas até hoje não encontrámos nenhum documento, testemunho ou indício que permita confirmar essa data.

No passado, o Vitória não tinha por tradição celebrar os seu aniversários. Pelos programas das festas com que se assinalaram as bodas de prata, em 1947, e as bodas de ouro, em 1972, percebemos que existia uma ideia quando à altura em que o clube foi fundado, mas não quanto ao dia em que aconteceu. No primeiro caso, os actos festivos decorreram de 11 a 20 de Outubro, no segundo entre 30 de Setembro e 16 de Outubro. Em 1962 assinalaram-se os 40 anos durante o mês de Setembro. Desde então, até 1980, temos notícia de celebrações em seis anos diferentes. Aconteceram sempre em Outubro, mas sem data certa. É manifesto que naquelas alturas não havia informação que permitisse precisar uma data. Aliás, naqueles tempos persistiam muitas lacunas no conhecimento da história dos primeiros anos do Vitória, que podemos ilustrar com um exemplo retirado das comemorações de 1962: o programa que então se cumpriu incluiu uma cerimónia junto à sepultura de Afonso da Costa Guimarães, que apareceu identificado erroneamente como o primeiro presidente da Direcção (foi o segundo).

Se nas décadas de 1940, 1960 ou 1970 não se guardava a memória da fundação do Vitória, é pouco plausível que alguém a recordasse depois, pelo que haverá que procurar para trás. Da informação disponível, apenas tinha alguma solidez a indicação de que a fundação teria acontecido na tertúlia que António Macedo Guimarães costumava reunir na sua loja em dia de descanso. Portanto, o Vitória terá nascido num domingo ou num feriado.
Cartoon de Miguel Salazar, sobre as incertezas da data de fundação do Vitória Sport Clube.

Recuando no tempo, sabemos que em 1934, quando o Vitória recuperava vitalidade e ressurgia de um longo período de hibernação que pareceu prenunciar a sua extinção, não faltaram motivos para celebrar, até porque o clube acabava de conquistar o seu primeiro título de campeão distrital. Houve então comemorações do XII aniversário, com actos festivos que aconteceram nos dia 21 e 23 de Setembro (note-se que nada houve no dia 22). Um jogo entre o Vitória e o Galitos de Aveiro (5-0) encerrou os festejos. No programa divulgado pela imprensa, afirmava-se que naquele domingo, 23 de Setembro de 1934, passavam doze anos sobre o dia em que o Vitória iniciou a sua vida. Consultando o calendário, percebe-se que em 1922 aquele dia calhou num sábado, o que torna muito pouco plausível a hipótese de o Vitória ter nascido nesse dia na Chapelaria Macedo. Porque sábado era dia de feira, em que as gentes das freguesias vinham à cidade, a comprar e a vender. E dia de feira era dia de trabalho acrescido nas lojas, incluindo as chapelarias. Basta olhar para uma fotografia dos anos vinte do século passado para se perceber que os chapéus eram artigos com muita saída…

No ano anterior, a direcção do Vitória assinalara o aniversário, com a inauguração da nova sede do clube no Toural, por cima do então Café Oriental, e com um jogo de futebol contra o Sport Club de Ponte do Lima, que o Vitória venceu por 3-2. Aconteceu no dia 8 de Outubro de 1933.
Será preciso recuar até 1924 para encontrarmos a primeira vez em que o Vitória Sport Club comemorou o seu aniversário. A informação aparece em quatro linhas do jornal A Razão, de 28 de Setembro desse ano, onde se lê:

Na Penha realiza-se, no próximo domingo, um jantar de confraternização para comemorar o 2.º aniversário da fundação do “Vitória Sport Club” com um jantar de confraternização na Penha, no dia 5 de Outubro.

Como, naquela altura, entre os dirigentes do clube ainda estavam os que o fundaram e sendo certo que ninguém conheceria melhor do que eles a data da fundação, fazemos fé, à falta de certidão de nascimento, no dia 5 de Outubro de 1922 como dia da criação do Vitória Sport Clube. É certo que foi a uma quinta-feira e não a um domingo. Mas ninguém ignorará que o 5 de Outubro era feriado, o que vem a dar no mesmo: foi dia santo na loja do senhor Macedo.

Aqui chegados, temos duas datas possíveis: 23 de Setembro, informação de 1934, e 5 de Outubro, indicação de 1924. Tendo como certa a informação, universalmente aceite, de que o Vitória foi fundado pelo grupo da Chapelaria Macedo, 23 de Setembro, pelo que se viu, será data a descartar, por pouco verosímil. Fica a sobrar 5 de Outubro, por ser feriado, por ser a informação com origem temporal mais próxima da data do acontecimento e, pormenor não de somenos, por ter sido o dia em que os fundadores do clube assinalaram a efeméride, em 1924. Além do mais, esta hipótese encaixa na tradição recorrente dos festejos vitorianos em Outubro (ver quadro).
Dias em que se assinalaram os aniversários do Vitória, entre 1924 e 1980. Em 11 anos identificados, apenas em dois os actos festivos aconteceram em Setembro (1934 e 1962 – em 1972 iniciaram-se no último dia de Setembro e estenderam-se até 16 de Outubro).

Há uma outra possibilidade, que se nos afigura a mais provável: a de que o processo de criação do Vitória teria resultado de uma ideia que germinou, cresceu e frutificou entre o final do Verão e o início do Outono de 1922, sem que seja possível fixar uma data de fundação precisa. Ou seja, a confirmar-se esta incerta certeza, sabemos quando nasceu o Vitória, mas não sabemos, nem saberemos nunca, o dia do seu nascimento.

Aqui chegados, fica por resolver o problema da efeméride. Em que dia é que os vitorianos devem festejar o aniversário do seu clube? Na ausência de data segura, haverá que encontrar um momento que se imponha pelo seu simbolismo. A não ser que se demonstre que foi noutro dia, somos de opinião de que 5 de Outubro de 1922 deveria ser assumido como dia da fundação do Vitória Sport Clube, porque foi esse o dia em que os fundadores celebraram a fundação.

De qualquer modo, independentemente do pormenor da data, já muito tarda o dia em que será afixada na frontaria do edifício da antiga Chapelaria Macedo uma inscrição singela que assinale o acontecimento:

AQUI NASCEU O VITÓRIA.


[Texto inicialmente publicado na edição de Setembro da revista "Mais Guimarães"]
Partilhar:

2 comentários:

Luis Alpoim disse...

Já dizia um bom amigo, arranca Vitória Sport Clube!

Luis Alpoim disse...

Apoie a data da fundação do nosso querido V.S.C.
Saudações Vitorianas!