25 de julho de 2014

Afonso Henriques, santo? (3)

 D. Afonso Henriques. Escultura em bronze de Soares dos Reis (pormenor), Guimarães,1887. Fotografia de Eduardo Brito para a exposição "Os Rostos de Afonso Henriques" (Sociedade Martins Sarmento, 2009)

[25 de Julho]
Dom Afonso Henriques, filho do Conde D. Henrique e de sua mulher a Rainha Dona Teresa, senhores de Portugal, nasceu na Vila de Guimarães neste dia, ano de 1109, e logo no princípio da vida participou favores do Céu, porque nascendo com um defeito natural, que o fazia inábil para os exercícios militares [único meio de conseguir a Coroa] seu aio, o famoso Egas Moniz, o levou a uma milagrosa imagem da Mãe de Deus, em cuja soberana protecção achou pronto remédio, e restituído à inteira perfeição da natureza, assistido de sobrenatural protecção, veio a ser um dos mais esclarecidos Príncipes, de quantos enobreceu a fama e eternizou a memória.

Padre Francisco de Santa Maria, Anno Historico, Diario portuguez - Noticia abreviada De pessoas grandes, e cousas notáveis de Portugal, Tomo II, Oficina de Domingos Gonçalves, Lisboa, 1744, pp. 403-404.

Segundo a tradição mais recorrente,  o filho do Conde D. Henrique e da Rainha D. Teresa nasceu no dia 25 de Julho de 1109. Baptizaram-no com o nome do avô materno, Afonso VI, rei de Leão e de Castela. Diz a lenda que Afonso Henriques nasceu tolhido das pernas, de que se livrou por intervenção sobrenatural. A sua condição de miraculado será um dos principais argumentos arrolados nos processos de canonização que seriam tentados séculos depois da sua morte. 

Partilhar:

0 comentários: