Avançar para o conteúdo principal

Guimarães na obra de Camilo Castelo Branco (4)

Camilo Castelo Branco, retrato de Mário Santos, 1917 (Real Gabinete de Leitura do Rio de Janeiro)

Lista (ampliada, mas 
ainda provisória) das obras de Camilo Castelo Branco onde anotámos referências a Guimarães

(Substitui a lista que foi publicada aqui)


1851 – Anátema
1854 – Mistérios de Lisboa
1857 – Cenas da Foz
1861 – Doze Casamentos Felizes
1861 – Romance dum Homem Rico
1862 – Coração, Cabeça e Estômago
1862 – Memórias do Cárcere
1863 – Anos de Prosa
1864 – Amor de Salvação
1864 – No Bom Jesus do Monte (Dedicado a Martins Sarmento)
1864 – Vinte Horas de Liteira
1865 – Esboços de Apreciações Literárias (Francisco Martins Sarmento)
1865 – O morgado de Fafe amoroso
1866 – A Enjeitada
1866 – Cavar em Ruínas
1866 – O Santo da Montanha
1867 – A Bruxa do Monte Córdova
1867 – Coisas Leves e Pesadas,
1868 – Mosaico e silva de curiosidades historicas, literárias e biográficas
1871 – A Morgadinha de Val-d’Amores (in Teatro Cómico)
1872 – O carrasco de Victor Hugo José Alves
1874 – O Regicida
1875 – A Caveira da Mártir
1875 – A Filha do Regicida
1875/1877 – Eusébio Macário
1875/1877 – Novelas do Minho (A Viúva do Enforcado)
1876 – A Caveira da Mártir (Introdução)
1876 – Curso de Literatura Portuguesa (António Lobo de Carvalho)
1876 – Curso de Literatura portuguesa
1876 – O Cego de Landim
1877 – A Formosa Lusitânia, Catherine Charlotte Jackson (tradução)
1877 – Mistérios de Fafe
1877 – Noites de Insónia, oferecidas a quem não pode dormir.
1879 – Cancioneiro Alegre
1880 – Ecos Humorísticos do Minho
1880 – Sentimentalismo e História
1880 – Textos sobre Camões
1880- História e sentimentalismo (Embargos à Fantasia do Sr. Teófilo Braga e Eusébio Macário, Continuação)
1881 - Gil Vicente, Embargos à fantasia do Sr.Teófilo Braga
1882 – A Brasileira de Prazins
1882 – Narcóticos I (Ideias de D. João VI)
1883 – D. Luís de Portugal, neto do Prior do Crato: quadro histórico 1601-1660
1884 – O Vinho do Porto
1885 – Sá de Miranda
1885 – Serões de S. Miguel de Seide
1885/1886 – Maria da Fonte
1886 – Boémia do espírito
1886 – O Assassino de Macário

1887 – Estudos da Velha História Portuguesa (sob pseudónimo, com Francisco Martins Sarmento)

Comentários