11 de maio de 2013

O conflito brácaro-vimaranense segundo Rafael Bordalo Pinheiro (5)

Derrubado o governo regenerador de Fontes Pereira de Melo (impotente para "descalçar a bota" do conflito entre Guimarães e Braga, a tarefa passou para o novo governo, do progressista José Luciano de Castro.
Caricatura de Rafael Bordalo Pinheiro, publicada na revista Pontos nos ii, nº 43, 25 de Fevereiro de 1866
(tocar na imagem para ampliar)

Partilhar:

0 comentários: