15 de maio de 2013

As Poesias de António Lobo de Carvalho (24)


Ao mesmo Padre Macedo, que pregando em Santa Joana na acção de graças que se fez pelo restabelecimento do Conde de S. Vicente, abateu o Marquês do Pombal, tendo-o aí mesmo louvado noutras ocasiões.



Ontem nessa cadeira da verdade
Por maior dos heróis o conheceste,
E no mesmo lugar hoje o fizeste
O monstro mais cruel de iniquidade!

Explica-nos enfim por piedade,
Já que tanto o exaltaste, e o abateste,
Se é mentira o que então nos propuseste,
Ou o que essa oração nos persuade?

Se foi mau, porque teve então louvores?
E se é bom, porque é monstro, e causa medo?
Eu não posso entender tais oradores!

Para mudar o ser é muito cedo:
Ontem tudo era luz, tudo hoje horrores;
Mas enfim, são discursos do Macedo!
Partilhar:

0 comentários: