25 de abril de 2013

Efeméride do dia: S. Domingos muda de mãos


Convento de S. Domingos de Guimarães
25 de Abril de 1842
Por decreto de D. Maria II é dado à Câmara o Convento dos religiosos de S. Domingos para que nele se estabelecesse o tribunal judicial.
(João Lopes de Faria, Efemérides Vimaranenses, manuscrito da Biblioteca da Sociedade Martins Sarmento, vol. II, p. 67)
Construído no final do século XIV, o convento de S. Domingos de Guimarães funcionou até ao final de Maio de 1834, data em que, na sequência da extinção das ordens religiosas, os frades de S. Domingos foram intimados a entregar as chaves ao Corregedor da Comarca. Nas décadas seguintes, iria discutir-se qual o destino a dar ao edifício.
Logo em 1836, a Misericórdia de Guimarães foi autorizada a comprar o convento para instalação do seu o seu hospital, mas a transacção não se realizaria. No final da década, 1839, serviu para quartel dos oficiais do regimento de Infantaria 18, que estavam instalados no Convento de Santo António dos Capuchos.
Em 1840, a Câmara pediu o convento e a sua cerca ao Estado, para a instalação de repartições públicas e construção do Paço Municipal. No dia 25 de Abril de 1842, um decreto de D. Maria II concedia S. Domingos ao município para nele se instalar do Tribunal Judicial. Nos ano que se seguiram, à medida que o edifício se ia arruinando, serviu para a instalação da estação do telégrafo (1861) e para biblioteca pública (1869). Finalmente, em 1888, passou para a posse, em definitivo, da Sociedade Martins Sarmento, para nele instalar a sua sede, a sua escola, o seu museu e a sua biblioteca 

Partilhar:

0 comentários: