13 de julho de 2008

O VIII centenário da Batalha de S. Mamede (1)

As comemorações dos oitocentos anos da Batalha de S. Mamede começaram a ser preparadas numa reunião na redacção do jornal "O Conquistador", que juntou os representantes de "todos os jornais de Lisboa, Porto e Guimarães". Entre outras ideias, foi aí lançada a da publicação de um "número único ilustrado e grandioso, com colaboração de vimaranenses e escritores de nomeada".

Na noite inverenosa de 11 de Abril, houve uma reunião muito participada no Salão Nobre da Sociedade Martins Sarmento, para se debater a melhor maneira de comemorar a Batalha de S. Mamede. Dessa assembleia resultou a constituição de uma Grande Comissão com a incumbência de dar os primeiros passos para a organização do programa comemorativo. Era constituída pelas seguintes entidades: Câmara Municipal, Comando Militar, Sociedade Martins Sarmento, Arcipreste, Associação Comercial e Industrial, Reitor do Liceu Nacional Martins Sarmento, Director da Estação dos Correios, Telégrafos e Telefones de Guimarães, Escola Industrial Francisco de Holanda, Sociedade de Defesa e Propaganda de Guimarães, Presidente da Academia Vimaranense, Sindicato Agrícola de Guimarães, Inspector Primário, Associação Artística Vimaranense, Associação dos Empregados do Comércio, Representante dos Alunos da Escola Industrial Francisco de Holanda, Comissário do Núcleo de Scouts e, em representação da Imprensa, o Padre Gaspar Roriz.
Partilhar:

0 comentários: