3 de abril de 2013

Escritores vimaranenses (57): Fr. Manuel de S. Dâmaso


FR. MANUEL DE S. DÂMASO, Franciscano da província de Portugal. Exerceu vários cargos na mesma província  entre eles o de Bibliotecário do convento de S. Francisco de Lisboa, e foi Académico da Academia R. de História, etc. — Nasceu em Guimarães a 3 de Janeiro de 1688, e morreu a 22 de igual mês de 1767. — Para a sua biografia vej. os Estudos biogr. de Canaes, a pág. 250. Há na Bibl. Nacional o seu retrato de corpo inteiro.—E.
Epitome das indulgências plenárias e parciais, que os filhos da veneravel Ordem terceira de S. Francisco podem ganhar e obter depois da bulla de Benedicto XIV; com um appendice, etc. Lisboa, na Offic. de Francisco Borges de Sousa 1763. 8.°
Algumas outras obras imprimiu, cuja enumeração me parece inútil, exceptuada a seguinte, que por encerrar mui copiosas noticias trazidas por incidente em assuntos vários, pode ser ainda consultada com proveito pelos estudiosos:
Verdade elucidada, e falsidade convencida, de cujas demonstradas conclusões consta com evidencia haver tido a Sancta Inquisição Lusitana dous Inquisidores geraes successivos, ambos com o nome de Fr. Diogo da Silva, um da sagrada religião dos Mínimos de S. Francisco de Paula, outro da seraphica religião dos Menores de S. Francisco de Assis, etc, etc. Lisboa, na Offic. da Musica 1730. Foi. de LXIV-603 pág., e mais 3 inumeradas no fim com as erratas.
Foi escrita para servir de contestação ao que no referido ponto escrevera com pouca averiguação Fr. Pedro Monteiro, na História da Inquisição. O sr. A. Herculano na História do estabelecimento em Portugal da mesma Inquisição, faz justiça à boa-fé e crítica de Fr. Manuel de S. Dâmaso  que nesta obra derrotou completamente o seu antagonista.
Dicionário Bibliográfico Português, de Inocêncio Francisco da Silva, continuado e ampliado por Pedro V. de Brito Aranha, Tomo V, Imprensa Nacional, pp. 407-408
Partilhar:

0 comentários: