16 de janeiro de 2011

A implantação República nos jornais de Guimarães (8)


Do Regenerador, de 21 de Outubro de 1910

 
Os nomes das ruas
 
Vai por essas cidades e vilas de Portugal uma delenda Cartago nos nomes antigos dos largos, ruas e travessas.
 
Não sabemos o que tenciona fazer a futura comissão municipal republicana, desta cidade.

Resolverá mudar os nomes às ruas?

Sendo assim, parece-nos que deveríamos voltar ao antigo, por exemplo: a rua da Rainha poderia chamar-se — a rua Sapateira; a de D. João I — rua de Gatos; a rua de Santo António — rua do Mata Diabos; a rua de Camões —rua das Molianas; a praça de D. Afonso Henriques — Campo do Vendaval; a rua de S. Dâmaso — rua de Trás do Muro; etc, etc.

Mas, a sério: há muita gente que ignora a razão que levou as câmaras passadas a porem às ruas os nomes que têm. A rua da Rainha é assim chamada em homenagem a D. Maria II, quando deu a Guimarães o título de cidade. A rua de D. João I comemora a romagem que o Mestre de Avis fez a Nossa Senhora da Oliveira, depois da vitória de Aljubarrota.

Tirar à praça D. Afonso Henriques o nome que tem é delir o nome glorioso do primeiro vimaranense.

Não se deixem, pois, os membros da futura comissão municipal influenciar pelo espírito iconoclasta que pretende destruir as nossas mais belas tradições.

O povo é capaz de não aceitar...
Partilhar:

0 comentários: