14 de novembro de 2009

Os limites da cidade de Guimarães em 1853


Vista de Guimarães, em meados do século XIX.

Em 1916, o jornal o Republicano, de Guimarães, publicou uma nota em que se descreviam os limites de Guimarães, em meados do século XIX, no momento em que de vila passou a cidade:

Velharias

A vila de Guimarães, elevada à categoria de cidade por decreto de 22 de Junho de 1853, como os leitores sabem, tinha os seguintes limites:

1.º Arco dos Capuchos.

2.º Embocadura da Rua de Santa Cruz, junto às casas do Padre Martinho.

3.º Carrapatosa, ou Casa das Hortas.

4.º Portal de ferro do Conde de Vila Pouca, do lado das Capuchas.

5.º A casa de Vila Verde, além do rio da Rua de Couros.

6.º A cancela do fim da Rua de Relho.

7.º O portal do Sabacho, acima do Estrepão.

8.º O ortatório da rua de Cruz de Pedra, ou o largo desta Rua.

9.º O portal de ferro da quinta dos Pombais.

10.º A porta do carro, que dá entrada para a cerca do extinto convento de S. Domingos.

12.º As casas do portelo ao Norte da Margaride.

[O Republicano, n.º 2, ano 1, Guimarães, 1 de Abril de 1916.]

Partilhar:

0 comentários: