12 de setembro de 2008

Revinda

De volta ao activo, depois de atravessar o deserto literal e de estacionar um pouco no deserto figurado.
Partilhar:

4 comentários:

Anónimo disse...

Era longo o deserto!

José de Sousa Bandeira disse...

Aqui vão troando
Os ecos das bombas,
Que estouram nas trombas
dos Rinocerontes

azemelvimaranense.blogspot.com

Spicka disse...

Finalmente! :)

Pedro Morgado disse...

Já andávamos com falta de(a) Memória!