21 de julho de 2008

O VIII centenário da Batalha de S. Mamede (3)

O quiproquó que chegou a ameaçar as comemorações do VIII centenário da Batalha de S. Mamede foi rapidamente ultrapassado. Na sequência de uma reunião, noticiada pelo Comércio de Guimarães de 20 de Abril de 1928, que teve lugar na Associação Artística, foi decidido dar início à subscrição pública para angariação de fundos para financiar os festejos. Para o efeito o concelho foi dividido em oito zonas, cada qual com sua comissão angariadora.


Na mesma altura, foram criadas duas comissões. Uma delas, a de propaganda, que teria a seu cargo a divulgação das comemorações, presidida por Eugénio da Costa Vaz Vieira. A outra, teria como propósito organizar um Te-Deum, sendo integrada por Monsenhor João Ribeiro, Cónego Alberto Vasconcelos, Padre Francisco da Silva, Dr. João Martins de Feitas e Padre Gaspar Roriz.

Por seu lado, a Comissão Central seria constituída pelas seguintes entidades: Sociedade de Propaganda de Guimarães, Comando Militar, Liceu Central, Arcipreste, Associação Artística, Associação dos Alunos da Escola Industrial e Comercial, Academia Vimaranense, Núcleo dos "Scouts", Director do "Conquistador", Bernardino Jordão, Director dos CTT, Sociedade Patriótica 1.º de Dezembro de 1640 e Inspector Escolar Primário.

Partilhar:

0 comentários: